Analíticos de vídeo se tornam chave para as empresas

10 de fevereiro de 2021, por  Jose Larrucea, VP Sênior de Vendas Internacionais LATAM & EMEA, SAFR

Não é de hoje que o mercado vem se desdobrando para entender como o consumidor interage com seus produtos e serviços, qual o NPS e como continuar sendo relevante diante de uma infinidade de ofertas.

Desde pesquisas, qualitativas ou quantitativas, pesquisas de satisfação, pesquisa de hábitos de consumo, enquetes, grupos focais e os mais diversos tipos de formulários, tentam entender como se dão as decisões e o comportamento do consumidor.

É fato que medir resultados e obter dados assertivos vem sendo um grande desafio há longa data.

Quantas pessoas frequentam minha loja ou empresa?
Quem é meu público consumidor?
Qual sua faixa etária?
Em que horários ele mais interage com meu serviço ou produto?
Quantas vezes esteve no meu espaço físico?
Qual foi a jornada percorrida?
Como reagiu frente ao meu produto?
Que áreas foram mais frequentadas?
Quantas pessoas estão nesse momento no ambiente?

Muitas são as perguntas que tiram o sono dos profissionais de BI. Descobrir o comportamento e gerar ofertas relevantes visando garantir a satisfação, o interesse do público e, consequentemente, o aumento dos resultados das empresas não tem sido nada fácil.

Com o avanço da inteligência artificial, da visão computacional e do reconhecimento facial tem sido possível, através da utilização de câmeras de vídeo e sistemas CFTV obter massas de dados de vídeo que trazem informações preciosas do mundo off-line para o online.

Os algoritmos de sistemas de análise inteligente de vídeo permitem monitorar, em tempo real, comportamentos do público, contar, detectar e reconhecer pessoas, identificar rotas dos usuários, estabelecer padrões de tráfego, registrar tempos de permanência, além de rastrear olhares, analisar expressões faciais e fornecer dados demográficos relevantes dos usuários como idade e gênero.

A inteligência artificial veio definitivamente revolucionar o mercado, fornecer reports e trazer a experiência do mundo físico para o digital, visualizar o mundo real e trazer as informações para o virtual e, acima de tudo, antecipar problemas, agilizar as tomadas de decisão e promover mudanças imediatas e novas estratégicas de percurso.

De acordo com a Global Market Insights, em 2024, os investimentos de varejo em Inteligência Artificial excederão US$ 8 bilhões. E não é à toa. Os algoritmos de monitoramento inteligente de vídeo aumentam a cognição das empresas e permitem a análise e uso adequado de dados para resolver problemas, apoiar novas ideias e a sustentar a criação de novos produtos ou serviços. Permitem navegar em dados bem mais precisos que as usuais análises estatísticas.

Um case mundial que exemplifica bem o que estamos falando é o da Euroshop – a maior feira comercial do mundo para a indústria do varejo. Em 2020 a feira contou com 2.300 expositores de 57 países, 94.000 visitantes de 142 países, 123.800 m² de espaço de exposição líquido e 16 salas de exposição.

Em um projeto que contou com a parceria entre o software de inteligência artificial e reconhecimento facial SAFR da RealNetworks, Intel, Axis e SalesForce foi possível apresentar aos varejistas como os analíticos de vídeo anônimos e a inteligência artificial podem coletar dados do varejo offline para gerar insights para a rápida tomada de decisão sobre táticas e estratégias de marketing e vendas. Através de uma integração realizada entre os parceiros, foi possível consolidar em um dashboard informações demográficas do público participante, suas características comportamentais, áreas mais visitadas, tempo de permanência, além de contabilizar em tempo quase real o número de visitantes.

Esse projeto da Euroshop deixou nítido que as possibilidades são infinitas e não se esgotam por aqui. O cenário é cada dia mais desafiador, aquele que sair na frente tende sempre a se tornar mais relevante, e a inteligência artificial está aí para colocar sentido nessa infinidade de massa de dados de vídeos que podem transformar imagens em insights expressivos para as organizações. E para o SAFR, construir parcerias fortes e vencedoras como essa é primordial. São nossos parceiros que multiplicam o poder da nossa tecnologia e a levam diretamente para o cliente final, nos ajudando a alcançar nosso principal objetivo: a construção de um mundo mais inteligente e seguro.

Para conhecer outros cases de sucesso do SAFR com seus parceiros globais, clique aqui.

%d blogueiros gostam disto: