Cidades Inteligentes

As cidades inteligentes fazem uso da tecnologia na interação com os indivíduos para promover melhores condições de vida.

Como formas de aliviar o estresse diário e aumentar a qualidade de vida da população, o Reconhecimento Facial pode atuar desde a detecção de criminosos (acessando os registros de imagens no banco de dados da Polícia), até o fornecimento de alertas de segurança, gerenciamento de tráfego, além de também permitir que os cidadãos paguem por serviços através de carteiras virtuais sincronizadas, utilizando um sorriso como gatilho para liberação de pagamentos.

Há muitas maneiras de usar o SAFR nas cidades e, certamente, muitas outras aplicações que simplifiquem a vida da população e gerem eficiência nas operações urbanas, ainda surgirão. Confira algumas aplicações:

  • Identificação de pessoas cadastradas como moradoras de determinadas áreas/regiões, pessoas não cadastradas e pessoas suspeitas;
  • Cadastramento prévio de prestadores de serviço para imediata identificação ao entrarem em áreas monitoradas;
  • Rápida localização de pessoas desaparecidas como idosos, crianças ou com perda de memória.